Geral

Veja os cruzamentos que receberão semáforos inteligentes em Campo Grande

A Prefeitura de Campo Grande anunciou nesta segunda-feira (7) a troca de 210 semáforos da Capital por equipamentos com sensores que ajustarão o tempo de duração conforme o fluxo de veículos. A primeira avenida escolhida para a substituição será a Eduardo Elias Zahran. Nos semáforos que estão em funcionamento, o tempo de verde e do […]

Arquivo Publicado em 07/04/2014, às 17h05

None
2138266992.jpg

A Prefeitura de Campo Grande anunciou nesta segunda-feira (7) a troca de 210 semáforos da Capital por equipamentos com sensores que ajustarão o tempo de duração conforme o fluxo de veículos. A primeira avenida escolhida para a substituição será a Eduardo Elias Zahran.

Nos semáforos que estão em funcionamento, o tempo de verde e do vermelho é calculado a partir de uma média histórica de fluxo dos cruzamentos que nem sempre se aplica às 24 horas do dia. Com o novo sistema o ajuste do tempo será automático.

Outra otimização com os “semáforos inteligentes” será quanto à regulação entre os sinais que atualmente são feitos por GPS e também para a manutenção, pois quando um equipamento estraga a Agência Municipal de Trânsito só descobre quando avisada por telefone.

“Agora o Centro de Controle de Tráfego terá condições de identificar em poucos minutos os semáforos que apresentarem panes”, afirmou o diretor presidente Jean Saliba. Os recursos são do Ministério dos Transportes.

Câmeras

Segundo a assessoria da prefeitura, também estão programadas a instalação de quatro câmeras em locais de maior movimento como os cruzamentos Zahran/Rui Barbosa; Mato Grosso/Via Parque; Afonso Pena/Rui Barbosa e Afonso Pena/Rubens Gil de Camillo.

As informações e imagens serão transmitidas por fibra óptica para uma central de controle que funcionará na Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran).

Reaproveitamento

Parte dos semáforos que serão substituídos vão ser reformados e reaproveitados em regiões fora da área central. Atualmente, a Agetran tem pelo menos 80 solicitações para sinalização semafórica, das quais 20 foram avaliadas tecnicamente e consideradas prioritárias, porém não foram detalhadas pela prefeitura.

Jornal Midiamax