Geral

Vacina contra a gripe continua para grávidas, doentes crônicos e abre para crianças de 5 a 9 anos

A Secretaria Municipal de Saúde Pública (Sesau) dará continuidade à campanha contra H1N1 para os grupos que não atingiram a meta de 80% estabelecidos pelo Ministério da Saúde. Grávidas, população com comorbidade (com hipertensão, rinite, alergia e outras doenças) e, nessa etapa, crianças de cinco anos a menores de dez anos devem procurar uma Unidade […]

Arquivo Publicado em 06/06/2014, às 20h43

None

A Secretaria Municipal de Saúde Pública (Sesau) dará continuidade à campanha contra H1N1 para os grupos que não atingiram a meta de 80% estabelecidos pelo Ministério da Saúde. Grávidas, população com comorbidade (com hipertensão, rinite, alergia e outras doenças) e, nessa etapa, crianças de cinco anos a menores de dez anos devem procurar uma Unidade Básica de Saúde e garantir a imunização contra a Gripe H1N1. A vacinação para essa população será de 9 a 15 de junho nas UBS´s, das 7h às 11h e das 13h às 17h, de segunda a sexta-feira.

A decisão é da Diretoria e Coordenadoria de Vigilância em Saúde e Serviço de Imunização da Sesau que, e está ligada com a baixa procura pela imunização. “É importante lembrar que esses grupos foram priorizados, pois são considerados mais vulneráveis às complicações causadas pela gripe”, afirma a médica e diretora de Vigilância em Saúde, Márcia DalFabro. Ela lembra ainda que a vacina só tem efeito 15 dias após a aplicação e a imunização tem de ser garantida antes da chegada do inverno.

As pessoas com doenças crônicas, como diabetes e hipertensão, devem apresentar prescrição médica quando forem se vacinar, além da carteirinha de vacinação e o prontuário do SUS. Quem já é cadastrado em programas de controle das doenças crônicas do SUS deve se dirigir aos postos em que estão cadastrados para receberem a vacina.

Imunização

A vacina protege contra três subtipos do vírus da gripe (A/H1N1; A/H3N2 e influenza B). A criação de anticorpos contra a doença ocorre entre duas e três semanas após a aplicação da dose e por isso a campanha de vacinação é marcada para antes do
inverno, quando acontece a maior circulação da gripe.

(Com informações da Sesau).

Jornal Midiamax