Geral

Uma semana depois da tragédia em Porto Murtinho, três corpos continuam desaparecidos

Após uma semana da tempestade que provocou o naufrágio do barco-hotel Sueño del Pantanal no Rio Paraguai, em Porto Murtinho, a 454 quilômetros a leste de Campo Grande, três corpos continuam desaparecidos. As buscas recomeçaram às 6 horas desta quarta-feira (1º de outubro), e apenas os militares do Corpo de Bombeiros local e a Marinha […]

Arquivo Publicado em 01/10/2014, às 11h55

None
1776352903.jpg

Após uma semana da tempestade que provocou o naufrágio do barco-hotel Sueño del Pantanal no Rio Paraguai, em Porto Murtinho, a 454 quilômetros a leste de Campo Grande, três corpos continuam desaparecidos. As buscas recomeçaram às 6 horas desta quarta-feira (1º de outubro), e apenas os militares do Corpo de Bombeiros local e a Marinha participam da ação.


De acordo com a corporação da cidade, as buscas se restringem apenas em terra. Não é descartada a hipótese dos corpos das vítimas estarem na embarcação que ainda continua no fundo do rio, entretanto, ela será retirada pelas autoridades paraguaias.


Na terça-feira (30 de setembro), eles fizeram a primeira tentativa sem sucesso, porém não pediram auxílio das autoridades brasileiras.


Buscas


Na embarcação havia 26 ocupantes, destes 11 já foram encontrados. Os demais sobreviveram, além dos desaparecidos que são: Benedito Aparecido da Silva e Roberto Villania, ambos brasileiros, e o paraguaio Luiz Penajo, que é proprietário da embarcação.

Jornal Midiamax