Geral

Um ano após morte de Luana, família faz passeata na Praça do Rádio nesta quinta

A morte da jovem Luana Vieira Gregório, de 15 anos, assassinada à faca durante briga em frente à escola estadual de Campo Grande, completou um ano nesta quinta-feira (11). Em homenagem à sua memória, a família da jovem fará passeata na Praça do Rádio, às 16h30. Familiar de Luanna pede a presença de todos: “Nossa […]

Arquivo Publicado em 11/09/2014, às 17h07

None
1591435526.jpg

A morte da jovem Luana Vieira Gregório, de 15 anos, assassinada à faca durante briga em frente à escola estadual de Campo Grande, completou um ano nesta quinta-feira (11). Em homenagem à sua memória, a família da jovem fará passeata na Praça do Rádio, às 16h30.

Familiar de Luanna pede a presença de todos: “Nossa intenção é lotar a Afonso Pena e pedir por justiça. Até hoje as agressoras estão soltas. Não podemos deixar que fique assim”, destaca Jane Cristina Gregório, tia da vítima.

Passado um ano, o caso segue sem ser solucionado. A Vara da Infância e Juventude de Campo Grande, responsável por marcar a audiência, declarou que o processo corre em segredo de justiça.

Relembre o caso

Luana foi assassinada no dia 11 de setembro de 2013 com golpe de faca durante briga em frente da Escola Estadual José Ferreira Barbosa, na Vila Bordon. A faca era de Dafni e uma menor, de 16 anos, cometeu o crime.

A polícia concluiu o inquérito e indiciou Dafni como coautora, pois, mesmo sabendo que haveria uma briga, não tomou qualquer atitude que pudesse evitar. Ao contrário, levou a faca com a qual a menor atingiu Luana.

Já a menor foi indiciada como autora. No entanto, como ambas não foram presas em flagrante, esperaram pelo pronunciamento da Justiça em liberdade.

Jornal Midiamax