Geral

Treze instituições financeiras brasileiras têm nota rebaixada por agência de risco

Nesta quarta-feira (26) as notas de crédito de 13 instituições financeiras brasileiras – entre elas, grandes bancos estatais e privados, seguradoras e o BNDES, foram rebaixados de acordo com a agência de classificação de risco Standard and Poor’s. A perspectiva de rating foi colocada como estável, ou seja, não estão previstos novos rebaixamentos no curto […]

Arquivo Publicado em 26/03/2014, às 12h37

None
119944468.jpg

Nesta quarta-feira (26) as notas de crédito de 13 instituições financeiras brasileiras – entre elas, grandes bancos estatais e privados, seguradoras e o BNDES, foram rebaixados de acordo com a agência de classificação de risco Standard and Poor’s. A perspectiva de rating foi colocada como estável, ou seja, não estão previstos novos rebaixamentos no curto prazo.
Os ratings globais de outras 17 instituições financeiras e os nacionais de 26 foram colocados em observação com implicações negativas, o que significa que podem ser rebaixados.


As instituições que tiveram suas notas reduzidas foram o Banco do Brasil, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Caixa Econômica Federal, Itaú-Unibanco, Bradesco, Itaú BBA, Santander, HSBC, Citibank, banco do Nordeste do Brasil, Allianz Global, Sul América e Sul América Companhia Nacional de Seguros.


A redução da nota pesou por conta do julgamneto da correção das poupanças pela Justiça, que pode determinar que os bancos arquem com supostas perdas nas cadernetas com os planos econômicos das décadas de 1980 e 1990.

Jornal Midiamax