Geral

Treinador da Suíça considera irresponsabilidade jogo da Copa em Manaus

O treinador da selação suíça, Ottmar Hitzfeld, classificou de “quase irresponsabilidade” Manaus ser escolhida como sede de jogos da Copa do Mundo. Ele justificou a afirmação ressaltando que há muitas dificuldades em jogar no meio da Selva Amazônica. A declaração foi feita a rádio alemã SWR1. A Suíça vai enfrentar Honduras em Manaus no dia […]

Arquivo Publicado em 08/01/2014, às 21h47

None

O treinador da selação suíça, Ottmar Hitzfeld, classificou de “quase irresponsabilidade” Manaus ser escolhida como sede de jogos da Copa do Mundo. Ele justificou a afirmação ressaltando que há muitas dificuldades em jogar no meio da Selva Amazônica. A declaração foi feita a rádio alemã SWR1.

A Suíça vai enfrentar Honduras em Manaus no dia 25 de junho. O técnico da seleção europeia disse durante a entrevista acreditar que interesses comerciais fizeram a cidade ser escolhida como sede do Mundial. Por considerar o Brasil um país muito grande, Hitzfeld discordou da decisão da FIFA de envolver todas as regiões do país na competição porque aumenta as horas que as equipes passam em viagens.

O técnico da Suíça não é o primeiro a reclamar da inclusão de Manaus entre as cidades que receberão jogos da Copa. Antes mesmo do sorteio, o treinador da Inglaterra, Roy Hodgson, classificou a cidade como a sede a ser evitada e falou que preferia encarar um grupo da morte. As condições climáticas foram os motivos alegados para preferir outros locais.

A declaração gerou reclamações do prefeito e do comitê organizador local. Por ironia, o sorteio fez a seleção inglesa cair num grupo da morte com Itália, Uruguai e Costa Rica, e jogar em Manaus. A equipe estreia justamente na Arena Amazônia em 14 de junho contra a Itália. Na tentativa de diminuir o impacto do clima, o treinador inglês vai antecipar a chegada do time a Manaus.

Jornal Midiamax