Geral

TRE realiza cadastro de títulos eleitorais na Uems na próxima quarta-feira

Na próxima quarta-feira, dia 23 de abril, o Tribunal Regional Eleitoral estará no bloco A da Uems/Dourados, das 8 às 20 horas, a fim de cadastrar e realizar transferências de títulos eleitorais para os estudantes que vivem no município. Os interessados em votar em Dourados nas próximas eleições deverão estar munidos de documentos pessoais e […]

Arquivo Publicado em 16/04/2014, às 15h52

None

Na próxima quarta-feira, dia 23 de abril, o Tribunal Regional Eleitoral estará no bloco A da Uems/Dourados, das 8 às 20 horas, a fim de cadastrar e realizar transferências de títulos eleitorais para os estudantes que vivem no município. Os interessados em votar em Dourados nas próximas eleições deverão estar munidos de documentos pessoais e comprovante de residência indicando que vivem na cidade há pelo menos três meses.

Para aqueles que não possuem comprovante de residência em seu nome será possível apresentar um comprovante de matrícula. O documento poderá ser emitido pela Diretoria de Registro Acadêmica da Uems no dia do cadastramento. Para homens maiores de 18 anos será necessário apresentar também certificado de alistamento militar. Poderá utilizar o serviço eleitoral qualquer pessoa habilitada a votar que compareça no local agendado.

A ação, promovida pela Associação Comercial de Dourados, Tribunal Regional Eleitoral, Uems e outras entidades públicas e privadas, busca estimular o voto de acadêmicos no município de Dourados. A campanha visa a alunos que vêm de outras cidades, mas que vivem em Dourados durante os quatro ou cinco anos de graduação. “Para poder ter uma força de reivindicação, nada melhor do que ter o seu título de eleitor cadastrado dentro do município, assim ele poderá participar da vida política e fazer exigências quanto à melhoria nos serviços que utiliza, como transporte público, moradia, saúde, lazer, entre outros”, diz o presidente da Aced, Antônio Nogueira.

Para o reitor da Uems, Fábio Edir dos Santos Costa, a ação ocorre inicialmente em Dourados, mas o incentivo vale para todas as unidades universitárias. Segundo Fábio Edir, a formação completa dos estudante passa também pela sua atuação política na região onde vive, fazendo valer seus direitos e os dos que estão à sua volta.

Segundo o TRE (Tribunal Regional Eleitoral), Dourados tem aproximadamente 148 mil eleitores aptos a votar. O prazo para alistamento eleitoral ou pedido de transferência de domicílio é de 150 dias antes da data do pleito, ou seja, em 2014 esse procedimento poderá ser realizado até o dia 7 de maio.

Jornal Midiamax