TRE-MS mantém indeferido registro de candidata do PTN a deputada estadual

O TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) manteve indeferida a candidatura de Áurea Nicea da Silva Lopes (PTN), candidata a deputada estadual, pela ausência de quitação eleitoral decorrente da não prestação das contas de sua campanha anterior e a ausência de certidão criminal expedida pela Justiça estadual de 1.ª instância. A impugnação […]
| 04/08/2014
- 15:03
TRE-MS mantém indeferido registro de candidata do PTN a deputada estadual

O TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) manteve indeferida a candidatura de Áurea Nicea da Silva Lopes (PTN), candidata a deputada estadual, pela ausência de quitação eleitoral decorrente da não prestação das contas de sua campanha anterior e a ausência de certidão criminal expedida pela Justiça estadual de 1.ª instância.

A impugnação foi feita pela Procuradoria Regional Eleitoral. A decisão foi unânime. Acompanharam o voto do relator, juiz Elton Nasser de Melo, os magistrados Heraldo Garcia Vitta, Nélio Stábile, Geraldo de Almeida Santiago, Telma Valéria da Silva Curiel e desembargador Divoncir Schreiner Maran (Membro Substituto).

Para impugnação, o tribunal considerou a ausência de quitação eleitoral decorrente da não prestação das contas de sua campanha anterior, o que impede o preenchimento da condição de elegibilidade, e a ausência de certidão criminal expedida pela Justiça estadual de 1.ª instância o que impossibilita a verificação do pleno exercício de seus direitos políticos e o deferimento do registro de candidatura.

Veja também

Fenômeno foi constatado na galáxia Grande Nuvem de Magalhães

Últimas notícias