Geral

TRE-MS absolve prefeito e vice do interior de MS de cassações por 5 votos a 1

O prefeito de Bonito, Leonel Lemos de Souza Brito, conhecido como Leleco e seu vice, Josmail Rodrigues, ambos do PTdoB, foram absolvidos pelo Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE-MS), que não cassou seus mandatos por cinco votos a um. Eles eram acusados por compra de votos na última eleição suplementar em março […]

Arquivo Publicado em 17/03/2014, às 20h22

None
18448551.jpg

O prefeito de Bonito, Leonel Lemos de Souza Brito, conhecido como Leleco e seu vice, Josmail Rodrigues, ambos do PTdoB, foram absolvidos pelo Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE-MS), que não cassou seus mandatos por cinco votos a um.

Eles eram acusados por compra de votos na última eleição suplementar em março do ano passado. O julgamento já foi adiado por duas vezes e seria na semana passada, mas foi adiado depois de pedido de vista do juiz federal Heraldo Garcia Vitta.

Uma das principais provas de acusação de Leleco sumiu. Um caderno com nomes e valores, de supostas compras de votos, apreendidos pela polícia durante as eleições acabou sumindo do cartório e uma sindicância apura os fatos. O material seria supostamente de Neia Prado, esposa de Leleco.

Só o juiz Helton Luiz Nasser de Mello votou a favor da cassação dos dois.

Jornal Midiamax