Geral

Traficante que quebrou fêmur em perseguição na área central aguarda cirurgia

O traficante de drogas, Henrique Junior Costa, de 32 anos, que quebrou o fêmur em uma perseguição com a equipe da 5ª CIPM (Companhia Independente da Polícia Militar), que fazia rondas nas proximidades da antiga rodoviária, no Bairro Amambaí, região central, segue internado na Santa Casa de Campo Grande. O suspeito está no setor de […]

Arquivo Publicado em 18/09/2014, às 13h30

None
515696294.jpg

O traficante de drogas, Henrique Junior Costa, de 32 anos, que quebrou o fêmur em uma perseguição com a equipe da 5ª CIPM (Companhia Independente da Polícia Militar), que fazia rondas nas proximidades da antiga rodoviária, no Bairro Amambaí, região central, segue internado na Santa Casa de Campo Grande. O suspeito está no setor de ortopedia e aguarda para passar por cirurgia.


No local há uma fila de prioridades por conta da gravidade dos pacientes já internados e por conta disso, não há previsão de quando que ele irá passar pelo procedimento, porém eles está estável e medicado.


Perseguição


Henrique Junior foi preso em flagrante na noite desta quarta-feira (17). Ele pilotava a Honda CG, com placas adulteradas, quando foi perseguido por uma equipe da 5ª CIPM que fazia rondas pela região. Ao receber ordem de parada, ele começou uma perseguição.


O rapaz saiu em alta velocidade pela Avenida Afonso Pena e chegou a andar na contramão pela Avenida Noroeste, quando se envolveu em um acidente no cruzamento das ruas 15 Novembro com a José Antônio.


O suspeito bateu em um Honda Civic. Com isso, Henrique quebrou o fêmur e foi socorrido pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) para a Santa Casa de Campo Grande. Na cueca dele, foram encontrados papelotes de cocaína, que pesavam 28 gramas.


O veículo foi apreendido, mas não tinha restrições, apesar de estar com a numeração da placa alterada. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro.

Jornal Midiamax