Geral

Técnico do Atlético-PR se irrita e não responde sobre possível demissão

A entrevista coletiva do técnico Miguel Angel Portugal após o jogo em La Paz, na noite da última terça-feira, não terminou da forma mais amistosa. O treinador se irritou com a pergunta sobre uma possível demissão, ignorou o tema e logo depois deixou o local. Pelo discurso do técnico ao longo da coletiva, porém, ele […]

Arquivo Publicado em 09/04/2014, às 15h14

None

A entrevista coletiva do técnico Miguel Angel Portugal após o jogo em La Paz, na noite da última terça-feira, não terminou da forma mais amistosa. O treinador se irritou com a pergunta sobre uma possível demissão, ignorou o tema e logo depois deixou o local.


Pelo discurso do técnico ao longo da coletiva, porém, ele sequer chegou a pensar na possibilidade de deixar o cargo, ou ser mandado embora. Tanto é que já falou sobre a formação do elenco para o Campeonato Brasileiro.


“Vamos conversar com a comissão técnica e com os jogadores. Eu tenho uma equipe com juventude e que precisa de um tempo para ter experiência. O Brasileirão certamente é importante e nós entramos para ganhar. Faremos todos os esforços”, completou.


Em relação à participação do Atlético-PR, Miguel a considerou positiva e disse que o elenco volta para Curitiba com a cabeça erguida.


“Jogamos quatro partidas na Libertadores, vencemos quatro e perdemos quatro. Eu tive três meses trabalhando com um time que tinha perdido cinco titulares do outro ano, tivemos que fazer a construção de uma nova equipe. Brigamos muito nesta Libertadores. Penso que vamos para Curitiba com a cabeça erguida”, declarou o treinador durante a entrevista coletiva.


Caso não seja demitido, Miguel Angel Portugal tem pouco mais de dez dias para preparar a equipe para a estreia no Campeonato Brasileiro. O primeiro compromisso do Atlético-PR é contra o Grêmio, no dia 20 de abril, no Orlando Scarpelli, já que o clube paranaense precisa cumprir nove partidas de suspensão por conta da briga na Arena Joinville.

Jornal Midiamax