Geral

Suspeito de espancar namorada teria ido visitar jovem no hospital após agressões

Rapaz prestou depoimento nesta terça-feira durante 3 horas e se negou a falar com a imprensa.

Arquivo Publicado em 07/01/2014, às 21h48

None
1843852627.jpg

Rapaz prestou depoimento nesta terça-feira durante 3 horas e se negou a falar com a imprensa.

Após mais de três horas de depoimento, o jovem Matheus George Tannous, 19 anos, suspeito de agredir a namorada, Giovanna Nantes , também de 19 anos, deixou a Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (Deam), sem falar com a imprensa.


Questionado sobre a versão dele e se foi visitar a jovem no hospital ele preferiu o silêncio. As perguntas foram respondidas pelo advogado dele, Armando Garcia. O advogado afirmou que não há versão para ser confirmada e que Matheus foi visitar Giovanna após ela sofrer a agressão, mas antes da polícia requerer uma medida protetiva, impedindo que ele se aproxime da jovem.


O outro advogado de Matheus, Leonardo da Rosa. As declarações dadas em depoimento teria “mostrado sintonia e harmonia” com que já havia sido dito antes, inclusive, com o que foi relatado pelos policiais.


O primo de Giovanna, que teria sido o pivô da briga entre o casal, ainda não foi ouvido pela delegada titular a delegacia, Rosely Molina. 


Agressão – Giovanna foi espancada violentamente, supostamente pelo seu namorado, na virada desse ano. O motivo das agressões teria sido ciúmes de um primo da jovem. Ela foi levada ao hospital com suspeita de traumatismo craniano e teve várias lesões graves no rosto. Na segunda-feira a jovem passou por uma cirurgia reconstrutiva da face.

Jornal Midiamax