Geral

Surto de ebola poderá afetar mais de 20 mil pessoas na África Ocidental, diz OMS

Mais de 20 mil pessoas podem ser infectadas no atual surto de ebola na África Ocidental, disse a OMS (Organização Mundial da Saúde) nesta quinta-feira, em uma sombria avaliação sobre a doença mortal. A agência de saúde da ONU divulgou um plano estratégico para combater o surto em quatro países da África Ocidental e disse […]

Arquivo Publicado em 28/08/2014, às 10h01

None

Mais de 20 mil pessoas podem ser infectadas no atual surto de ebola na África Ocidental, disse a OMS (Organização Mundial da Saúde) nesta quinta-feira, em uma sombria avaliação sobre a doença mortal.


A agência de saúde da ONU divulgou um plano estratégico para combater o surto em quatro países da África Ocidental e disse que o número real de casos pode já ser de duas a quatro vezes maior do que os 3.069 oficialmente relatados. O número de mortos chega a 1.552 até o momento.


“Esse planejamento assume que em muitas áreas de intensa transmissão o número real de casos pode ser de duas a quatro vezes maior do que o relatado atualmente. O plano reconhece que o número agregado de casos de Doença do Vírus Ebola pode ultrapassar os 20 mil no decorrer desta emergência”, disse a ONU.


O surto mortal do vírus começou na Guiné em março e se espalhou pelas vizinhas Libéria e Serra Leoa, assim como pela Nigéria, o que exige uma imensa e coordenada resposta internacional, disse a OMS.


Um outro surto de ebola na República Democrática do Congo, identificado como sendo de uma cepa diferente, não foi incluído na estimativa.

Jornal Midiamax