Geral

SP: jogador é detido por manter mulher em cárcere privado

Bruno Henrique de Barros, jogador de 24 anos de idade que atua como lateral direito pelo Votuporanguense, foi preso na tarde da última segunda-feira por infligir a Lei Maria da Penha. Ele é acusado de manter a mulher, 19 anos, em cárcere privado e também de agredi-la fisicamente. Bruno, também conhecido pelo apelido de Bruno […]

Arquivo Publicado em 06/08/2014, às 13h29

None

Bruno Henrique de Barros, jogador de 24 anos de idade que atua como lateral direito pelo Votuporanguense, foi preso na tarde da última segunda-feira por infligir a Lei Maria da Penha. Ele é acusado de manter a mulher, 19 anos, em cárcere privado e também de agredi-la fisicamente.


Bruno, também conhecido pelo apelido de Bruno Zebra, foi detido pela Polícia Militar (PM) enquanto participava das atividades do Votuporanguense e encaminhado à Delegacia de Defesa da Mulher (DDM).


Segundo o jornal A Cidade, vizinhos ouviram gritos de socorro e acionaram a Polícia Militar, que chegou ao local rapidamente. A vítima disse que o relacionamento já dura mais de dois anos, mas que há quatro meses a violência teve início.


Após retirar a mulher da casa, os policiais foram atrás de Bruno, que foi encontrado treinando com o time da Votuporanguense. O jogador recebeu voz de prisão e foi autuado por cárcere privado, lesão corporal e ameaça e teve a prisão mantida.


A Polícia Científica realizou uma perícia na casa e deve fornecer laudos nos próximos dias para serem anexados às investigações.

Jornal Midiamax