Geral

Site de relacionamento para “coroas” espera crescimento de cadastros durante o carnaval

Voltado para pessoas maduras, a partir de 40 anos, o site de relacionamento ‘Coroa Metade’ já ultrapassou a marca de 9,8 milhões de páginas vistas, 742 mil visitantes,61 mil cadastros e 7,4 mil assinaturas. Para o período do carnaval, o idealizador e diretor do site, Airton Gontow, espera aumento de 10% de cadastros em relação […]

Arquivo Publicado em 28/02/2014, às 18h59

None

Voltado para pessoas maduras, a partir de 40 anos, o site de relacionamento ‘Coroa Metade’ já ultrapassou a marca de 9,8 milhões de páginas vistas, 742 mil visitantes,61 mil cadastros e 7,4 mil assinaturas. Para o período do carnaval, o idealizador e diretor do site, Airton Gontow, espera aumento de 10% de cadastros em relação ao mesmo período do ano passado.

O site foi idealizado e criado pelo jornalista e cronista Airton Gontow, com base na sua história pessoal e também nas histórias de amigos que estavam solteiros ou separados aos 40 anos e vivenciavam as dificuldades para encontrar pessoas para uma relação estável.

“Mesmo com tão pouco tempo de vida, já temos vários casos de pessoas que saíram do site porque estão namorando firmes. É gratificante. Digo sempre que devo ser um caso raro de empresário, porque festejo a cada cliente que perco”, diz Gontow.

De acordo com Gontow, o período de carnaval representa um ótimo momento para o site. “A exposição da alegria e sensualidade do carnaval fazem aumentar o sentimento de solidão em muitas pessoas. No ano passado tivemos um aumento de 10% em cadastros e vendas de assinaturas durante carnaval. Para este ano, com o fortalecimento da marca ‘Coroa Metade’, nossa expectativa é que o aumento seja da ordem de 20%, ou 10% a mãos em relação ao ano passado”, afirma.

O “Coroa Metade” segue o modelo de matchmaker, sites de encontros, surgidos nos EUA, em que as pessoas preenchem amplos cadastros antes de começar a teclar. O objetivo é traçar o perfil pessoal do eventual parceiro (a) e assim aumentar as chances de encontrar alguém que realmente valha a pena. O modelo tem dado resultados expressivos. Segundo dados da empresa Experian Hitwise, nos últimos três anos aumentou em 39% o número de pessoas a partir de 55 anos que usam sites de relacionamento.

Jornal Midiamax