Geral

Sismo de magnitude 7,6 abala as Ilhas Salomão

Um sismo de magnitude 7,6 na escala de Richter ocorreu neste domingo ao largo das Ilhas Salomão, no Oceano Pacífico, sem que haja registro de danos materiais ou humanos. As autoridades chegaram a emitir um alerta de tsunami, que acabou por ser cancelado. De acordo com informações divulgadas pelo Instituto Norte-Americano de Geofísica (Unites States […]

Arquivo Publicado em 13/04/2014, às 10h51

None
159511194.jpg

Um sismo de magnitude 7,6 na escala de Richter ocorreu neste domingo ao largo das Ilhas Salomão, no Oceano Pacífico, sem que haja registro de danos materiais ou humanos. As autoridades chegaram a emitir um alerta de tsunami, que acabou por ser cancelado.


De acordo com informações divulgadas pelo Instituto Norte-Americano de Geofísica (Unites States Geological Survey), o sismo ocorreu às 7h14 deste domingo, hora local, o que corresponde às 21h14 de sábado em Portugal. O epicentro do terremoto situou-se no oceano, a uma profundidade de 29,3 quilômetros, e a uma distância de 323 quilômetros a sudeste de Honiara, a capital das Ilhas Salomão.


Segundo o porta-voz do Governo, George Herming, cujas declarações são referidas pela Associated Press, muitos habitantes das ilhas acordaram com o sismo, tendo vários deles dado conta do avistamento de ondas de grandes dimensões após o abalo.


“Não recebemos qualquer registro de danos”, disse por sua vez Constable Taylor Fugo, da polícia da cidade de Kira Kira, citado pela Reuters. “As pessoas responderam muito bem ao alerta de tsunami. Todos foram para as montanhas e ficaram a observar e a aguardar por indicações”, acrescentou.


Dorothy Wickham, que vive em Honiara, confirmou à AFP que as pessoas foram aconselhadas a afastar-se das zonas baixas, dada a existência de ondas de dimensões significativas a atingir a costa.


Um alerta de tsunami chegou a ser emitido pelo Pacific Tsunami Warnig Center, para as Ilhas Salomão, Vanuatu e Papua-Nova Guiné, mas acabou por ser cancelado. Inicialmente tinha sido anunciada, pelas autoridades internacionais, uma magnitude de 8,3 para o sismo.


No início deste mês as Ilhas Salomão, que têm uma população de 600 mil habitantes, foram afectadas por cheias, que terão morto 23 pessoas e deixado nove mil pessoas sem teto.


Em 2013, um sismo de magnitude 8 na escala de Richter abalou as ilhas, que se localizam no chamado Anel de Fogo do Pacífico, uma zona de forte atividade tectônica, e provocou cinco mortos.

Jornal Midiamax