Geral

Simone Tebet deixa secretaria para ser candidata; Osmar vai acumular duas pastas

Provável candidata nas eleições de outubro, Simone Tebet foi dispensada pelo governador André Puccinelli da função de secretária de Estado de Governo. A decisão foi publicada hoje no Diário Oficial do Estado e passa a ter efeito a partir de amanhã. Para o posto dela foi designado o secretário de Estado da Casa Civil, Osmar […]

Arquivo Publicado em 03/01/2014, às 12h12

None
811371434.jpg

Provável candidata nas eleições de outubro, Simone Tebet foi dispensada pelo governador André Puccinelli da função de secretária de Estado de Governo. A decisão foi publicada hoje no Diário Oficial do Estado e passa a ter efeito a partir de amanhã.


Para o posto dela foi designado o secretário de Estado da Casa Civil, Osmar Jeronymo – que vai acumular as duas pastas. Os decretos foram assinados ontem.


A vice-governadora Simone Tebet foi cogitada para disputar o Governo do Estado, mas declarou por diversas vezes que preferia seguir os passos do pai, senador Ramez Tebet (também do PMDB). Agora, ela terá mais tempo para se dedicar a pré-candidatura.


Amanhã, ela assume o comando do governo interinamente por conta das férias de Puccinelli.


Outro peemedebista que deverá deixar o governo em breve é o ex-prefeito Nelsinho Trad, atual secretário Extraordinário de Articulação, de Desenvolvimento Regional e dos Municípios. Ele deverá entregar o cargo no dia 31 de janeiro para se dedicar à pré-campanha a governador.


Não são apenas esses nomes que deverão deixar o 1º escalão do governo André Puccinelli para se dedicar às urnas. Também estão de malas prontas os secretários de Estado Edson Giroto (Obras Públicas e de Transportes), do PR; Carlos Eduardo Xavier Marun (Habitação), do PMDB; e Tereza Cristina (Desenvolvimento Agrário, da Produção e Turismo), do PSDB.




Jornal Midiamax