Geral

Simone pode encerrar carreira política caso fique fora da disputa eleitoral deste ano

A vice-governadora de Mato Grosso do Sul, Simone Tebet (PMDB), disse na manhã desta sexta-feira que pode encerrar sua carreira política, caso não dispute as eleições deste ano. A decisão, no entanto, depende de uma definição do governador, André Puccinelli, sobre sua candidatura ao Senado. Simone reafirmou que liberou o governador de qualquer promessa política […]

Arquivo Publicado em 21/03/2014, às 15h25

None
1543737403.jpg

A vice-governadora de Mato Grosso do Sul, Simone Tebet (PMDB), disse na manhã desta sexta-feira que pode encerrar sua carreira política, caso não dispute as eleições deste ano. A decisão, no entanto, depende de uma definição do governador, André Puccinelli, sobre sua candidatura ao Senado.

Simone reafirmou que liberou o governador de qualquer promessa política feita anteriormente. Segundo ela, Puccinelli está brigando contra a própria vontade – oficialmente ele iria se aposentar da política ao fim de seu atual mandato – e olhando para o grupo político ao qual pertence.

Há três possibilidades para o futuro próximo de Simone na política: ou ela será candidata ao Senado, e esta seria a promessa inicial feita pelo governador; ou sai compondo a chapa, na primeira suplência de Puccinelli na disputa pelo Senado; ou fica fora da disputa e ocupa o cargo de governadora até o fim deste ano.

Confirmada a última hipótese, Simone disse que voltará a dar aulas após deixar o Governo. Ela acha que não terá disposição para novas disputas eleitorais.

“Mas não vamos queimar etapas, agora é a hora de o governador decidir”, ponderou a vice. Ela voltou a dizer que Puccinelli tem peso eleitoral importante para o PMDB, atraindo votos para a chapa do partido. “Meu projeto não é pessoal e nunca foi, vou fazer o que for melhor para nosso grupo”, finalizou Simone.

Jornal Midiamax