Geral

SIG prende suspeito de roubar e esfaquear advogado encontrado ferido por populares

O Setor de Investigações Gerais (SIG) prendeu um dos suspeitos de roubar, agredir e esfaquear o advogado Santiago Garcia Sanches, de 31 anos, na ultima quinta-feira (18) em Três Lagoas, distante 326 quilômetros de Campo Grande. Jeferson Cândido da Silva, de 34 anos, foi reconhecido em imagens de segurança como um dos quatro envolvidos no […]

Arquivo Publicado em 20/09/2014, às 18h02

None
1851670553.jpg

O Setor de Investigações Gerais (SIG) prendeu um dos suspeitos de roubar, agredir e esfaquear o advogado Santiago Garcia Sanches, de 31 anos, na ultima quinta-feira (18) em Três Lagoas, distante 326 quilômetros de Campo Grande. Jeferson Cândido da Silva, de 34 anos, foi reconhecido em imagens de segurança como um dos quatro envolvidos no caso.

De acordo com o site Radio Caçula, Jeferson ficou preso durante 12 anos e havia sido solto há apenas 17 dias. Ele foi identificado após equipes do SIG, comandados pelo delegado Thiago Passos, analisarem imagens do circuito interno do posto de combustível em que a vítima foi abordada.

O rapaz foi preso na Rua Oscar Guimarães, bairro Lapa, na casa de um amigo, onde se preparava para fugir da cidade. Durante o depoimento negou todas as acusações, ainda assim, foi autuado em flagrante.

Segundo o delegado, são quatro envolvidos, Jeferson, a esposa e dois adolescentes. Os envolvidos no roubo seguido de morte na forma tentada poderão pegar uma pena que varia de 20 a 30 anos.

O caso

Santiago foi encontrado ferido por facadas em via pública, após ser abordado por bandidos enquanto abastecia o carro, um Jetta, branco, placas NSA-7077, de Três Lagoas (MS), em um posto de combustível da cidade.

Os bandidos agrediram e esfaquearam o advogado e o abandonaram em uma rua da cidade, fugindo com o carro e pertences da vítima. Em menos de 24 horas o veículo foi encontrado por um guarda municipal na cidade de Ilha Solteira-SP, com vidros quebrados e marcas de sangue no interior.



Jornal Midiamax