Geral

Sharapova sofre, mas avança em Miami e continua atrás da redenção no ano

A forte chuva atrasou as partidas deste sábado do torneio de Miami. O público teve que esperar para ver uma das maiores estrelas do tênis mundial na quadra principal. Maria Sharapova sabia que não teria um jogo fácil pela frente, mas esperava vencer sua segunda partida no torneio e continuar na busca de sua primeira […]

Arquivo Publicado em 23/03/2014, às 01h34

None

A forte chuva atrasou as partidas deste sábado do torneio de Miami. O público teve que esperar para ver uma das maiores estrelas do tênis mundial na quadra principal. Maria Sharapova sabia que não teria um jogo fácil pela frente, mas esperava vencer sua segunda partida no torneio e continuar na busca de sua primeira final no ano. A adversária era a tcheca Lucie Safarova. A russa encontrou muitas dificuldades na partida que durou quase três horas, mas fechou em 2 sets a 1 (6-4, 6-7 e 6-2).

A atual temporada de Sharapova não é muito positiva até aqui. No Aberto da Austrália ela caiu nas oitavas de final. Em Paris, foi eliminada na semifinal e em Indian Wells não passou da terceira fase.

A história da russa é intensa em Miami, mas não muito feliz. Nas últimas três temporadas, ela chegou à decisão do torneio, foi derrotada em todas. Ela também perdeu nas finais de 2005 e 2006.

Depois de muita espera (a previsão inicial apontava que o jogo deveria iniciar por volta das 17h30, mas só começou depois das 20h), Sharapova começou dando indícios de que conseguiria uma vitória fácil sobre a número 27 do ranking. As duas já haviam se enfrentado três vezes até hoje, com duas vitórias de Sharapova.

A russa confirmou o serviço e quebrou o saque de Safarova na sequência, abrindo logo 2 a 0 no primeiro set. Mas a tcheca reagiu rapidamente, devolveu a quebra e deixou tudo igual.

Safarova teve uma oportunidade de quebrar novamente o saque da rival, mas desperdiçou e deixou a ex-número 1 do mundo dominar as ações. Demonstrando bastante raça, a russa fechou o primeiro set em 6-4.

O segundo set começou com a tenista tcheca pressionando. Além de confirmar seus serviços, ela quebrou dois saques seguidos e conseguiu abrir 4-1 com certa facilidade. Mas Sharapova mostrou que quer voltar ao topo do tênis mundial e se impôs em quadra. Ganhou quatro games consecutivos e retornou à partida. Safarova ainda assim resistiu à pressão, levou o jogo para o tie-break e fechou o segundo set.

No set decisivo, Sharapova sempre se manteve na frente do placar. Administrando a vantagem, a russa desperdiçou alguns match points, mas fechou a última parcial em 6-2 e avançou à próxima fase, quando enfrentará a belga Kirsten Flipkens, número 23 do ranking da WTA.

Jornal Midiamax