Geral

Senadores pedem que Obama continue firme sobre proibição nuclear no Irã

Vinte e três senadores norte-americanos mantiveram as atenções nas negociações nucleares com o Irã, ao enviar uma carta ao presidente Barack Obama neste sábado pedindo que ele se mantenha firme, depois que uma segunda rodada de negociações acabaram em Viena. A carta de senadores democratas e de um independente é idêntica a que foi enviada […]

Arquivo Publicado em 22/03/2014, às 20h05

None

Vinte e três senadores norte-americanos mantiveram as atenções nas negociações nucleares com o Irã, ao enviar uma carta ao presidente Barack Obama neste sábado pedindo que ele se mantenha firme, depois que uma segunda rodada de negociações acabaram em Viena.


A carta de senadores democratas e de um independente é idêntica a que foi enviada a Obama no início desta semana pela Câmara dos Deputados, pedindo que ele insista em um acordo final em que o Irã não seria capaz de construir ou comprar uma arma nuclear.


A carta da Câmara dos Deputados foi assinada por 395 dos 435 membros e enviada enquanto seis potências mundiais se reuniam para persuadir o Irã a reduzir suas atividades nucleares contestadas.


A reunião em Viena foi a segunda de uma série que os seis países (Estados Unidos, China, Rússia, Alemanha, França e Reino Unido) esperavam que viesse a produzir um acordo verificável, garantindo que o programa nuclear do Irã estaria orientado apenas para fins pacíficos.

Jornal Midiamax