Geral

Sem muitos testes, Brasil faz último amistoso antes de convocação para Copa

O técnico Luiz Felipe Scolari terá nesta quarta-feira, diante da África do Sul, os últimos 90 minutos para ver a seleção brasileira em campo e tirar dúvidas sobre os 23 convocados para a Copa do Mundo, que serão anunciados em maio, mas nem por isso fará muitos testes. Do time escalado por Felipão no treino […]

Arquivo Publicado em 04/03/2014, às 17h25

None

O técnico Luiz Felipe Scolari terá nesta quarta-feira, diante da África do Sul, os últimos 90 minutos para ver a seleção brasileira em campo e tirar dúvidas sobre os 23 convocados para a Copa do Mundo, que serão anunciados em maio, mas nem por isso fará muitos testes.

Do time escalado por Felipão no treino desta terça, apenas dois jogadores não vinham atuando com a ‘amarelinha’, o lateral Rafinha e o volante Fernandinho, que entraram nas vagas de Daniel Alves e Luiz Gustavo, respectivamente. Os outros nove atletas são titulares frequentes desde a Copa das Confederações.

Outros dois jogadores que não vinham sendo convocados no começo da segunda “Era Scolari”, os meias Ramires e Willian, ficarão no banco, mas esperam por uma oportunidade para se firmar no grupo.

“Estou tratando (a convocação) como se fosse a primeira vez, porque agora minhas ambições são diferentes e estou determinado a dar tudo de mim”, declarou Fernandinho ao site da Fifa.

Em entrevista à mesma página, Scolari afirmou que a seleção “já está pronta”. O treinador não admite, mas as maiores dúvidas da imprensa e da torcida recaem sobre o momento atual do goleiro Julio César, que ficou por muito tempo na reserva do Queens Park Rangers e agora defende o Toronto, da liga americana (MLS), e do atacante Fred, que ficou parado por cinco meses devido a uma lesão.

O palco da última partida antes da lista definitiva pode ser inspirador. A seleção enfrentará a os ‘Bafana Bafana’ no Soccer City, onde a Espanha se sagrou campeã mundial há três anos e meio ao bater a Holanda na final da última Copa.

A África do Sul passa por uma fase de renovação. Fora das últimas duas edições da Copa Africana de Nações, a equipe tem como jogadores mais conhecidos o volante Kagisho Dikgacoi, do Crystal Palace, e o meia-atacante Thulani Serero, do Ajax.

O técnico da seleção sul-africana é Gordon Igesund, que estreou em um amistoso com o Brasil no Morumbi em setembro de 2012. Na ocasião, os donos da casa, ainda treinados por Mano Menezes, venceram por 1 a 0.

“Não é todos os dias que se joga contra uma equipe cinco vezes campeã mundial. Esta é uma grande oportunidade para nós. Podemos continuar de onde paramos contra a Espanha, no ano passado”, declarou Igesund, em referência à vitória por 1 a 0 sobre a vencedora da última Copa, em novembro.

Prováveis escalações:.

África do Sul: Williams; Ngcongca, Khumalo, Xulu; Dikgacoi, Jali, Furman, Claasen e Patosi; Serero e Rantie. Técnico: Gordon Igesund.

Brasil: Julio César; Rafinha, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo; Fernandinho, Paulinho e Oscar; Hulk, Neymar e Fred. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Árbitro: Antonio Muachihuissa Caxala (Angola), auxiliado por seus compatriotas Kherson Emiliano dos Santos e Julio Gonçalves da Silva Lemos.

Estádio: Soccer City, de Johanesburgo.

Jornal Midiamax