Geral

Sem esforço, Santos aplica nova goleada e mantém liderança geral do Paulista

O Santos venceu o Oeste por 4 a 1 neste domingo, na Vila Belmiro, pela 13ª rodada do Campeonato Paulista, e manteve a liderança geral da competição. A equipe manteve o mesmo poderio ofensivo das últimas duas rodadas, quando venceu Bragantino (5 a 0) e Mogi Mirim (5 a 2), e aplicou a sua quinta […]

Arquivo Publicado em 09/03/2014, às 22h48

None

O Santos venceu o Oeste por 4 a 1 neste domingo, na Vila Belmiro, pela 13ª rodada do Campeonato Paulista, e manteve a liderança geral da competição. A equipe manteve o mesmo poderio ofensivo das últimas duas rodadas, quando venceu Bragantino (5 a 0) e Mogi Mirim (5 a 2), e aplicou a sua quinta goleada na competição.

Antes do Oeste, o Santos já havia goleado Corinthians (5 a 1), Botafogo (5 a 1), além dos dois jogos das últimas rodadas. Neste domingo, o time da Vila Belmiro abriu o placar com um gol de ombro do atacante Leandro Damião. No segundo tempo, Thiago Ribeiro marcou mais dois gols, e o jovem Diego Cardoso fechou o placar.

O Santos entrou em campo com quatro desfalques. O goleiro Aranha e os atacantes Rildo e Geuvânio cumpriram suspensão automática. Já Cicinho sentiu um desconforto muscular, passou por exames e foi poupado pelo técnico Oswaldo de Oliveira. O treinador promoveu Vladmir, Lucas Lima e Bruno Peres ao time titular.

Na próxima rodada do Paulista, o Santos enfrenta o Rio Claro, domingo, às 18h30 (de Brasília), no estádio Augusto Schmidt, pela 14ª rodada da competição.

O Santos não teve a mesma intensidade dos últimos jogos e jogou como “time classificado” a partida contra o Oeste. A equipe não demonstrou a mesma velocidade que garantiu três goleadas por cinco gols na competição. Além disso, o meia Lucas Lima, que fez estreia como titular, teve dificuldades para criar as jogadas do time.

O atacante Gabriel Barbosa, que atuou na função de armador nas goleadas contra Bragantino e Mogi Mirim, também não apresentou o mesmo futebol atuando aberto do lado direito do ataque.

Com isso, o Santos apostava nas bolas áreas para Leandro Damião na área. Em uma delas, o camisa 9 aproveitou bom cruzamento de Emerson Palmieri e desviou de cabeça para o gol aos 21 minutos do primeiro e abriu o marcador.

Damião já havia quase marcado aos 16 minutos. Lucas Lima cobrou escanteio e o camisa 9 desviou de cabeça, mas bola passou próxima a trave do Oeste.

O Oeste só ameaçou o Santos no final do primeiro tempo. Jeferson recebeu passe rasteiro na entrada da área e chutou forte para defesa de Vladimir. No rebote, o camisa 10 tentou encobrir o goleiro, mas pegou mal na bola.

No segundo tempo, o Oeste tentou pressionar o Santos, mas expôs a pouca qualidade técnica da equipe. Sem criação de jogadas, o time abusava dos cruzamentos na área para o atacante Waguininho, atleta de baixa estatura.

O Santos, mesmo sem pressionar, marcou mais três gols gols na segunda etapa. Thiago Ribeiro foi o autor de dois. O primeiro de cabeça após cruzamento de Bruno Peres, e o segundo de perna direita, no rebote do goleiro Paes. O jovem Diego Cardoso fechou o placar. Eric descontou no último minuto em cobrança de falta para o Oeste.

Jornal Midiamax