Geral

Sem ambulâncias, Samu de Campo Grande vai usar 30 carros pequenos para ajudar

O caos na saúde que teria sido deixado pela administração do ex-prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal, cassado por ter cometido nove crimes contra a administração pública, configurando improbidade administrativa, ainda reflete na saúde de Campo Grande. Em visitas a postos de saúde neste sábado (31), o prefeito Gilmar Olarte (PP) disse que a ideia […]

Arquivo Publicado em 31/05/2014, às 14h55

None
71072173.jpg

O caos na saúde que teria sido deixado pela administração do ex-prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal, cassado por ter cometido nove crimes contra a administração pública, configurando improbidade administrativa, ainda reflete na saúde de Campo Grande.


Em visitas a postos de saúde neste sábado (31), o prefeito Gilmar Olarte (PP) disse que a ideia da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) é implantar um sistema de resgate com veículos de passeio para desafogar as ambulâncias.


A Prefeitura de Campo Grande estuda comprar  trinta veículos para auxiliar em pequenos resgates.  O secretário de saúde Jamal Salem disse que existem 45 carros na secretaria parados para manutenção há dois meses.


Um contrato realizado na gestão de Alcides Bernal unificou as manutenções, deixando veículos na fila de espera por até um mês para uma simples troca de óleo.


O Ministério da Saúde afirmou que vai enviar quatro ambulâncias na próxima segunda-feira (2), mas o reforço não será percebido de imediato, já que técnicos da Sesau disseram que outras cinco precisarão passar por manutenção com a chegada dos veículos novos.

Jornal Midiamax