Geral

Seleção italiana acompanha “crise do gramado” de Manaus, mas confia em correção

O mau estado do gramado da Arena Amazônia, documentado em fotos divulgadas nestes últimos dias, não preocupa a Itália, que enfrenta a Inglaterra no estádio, no próximo sábado (14). O tema foi abordado tanto pelo chefe da delegação, o ex-jogador Demetrio Albertini, quanto pelo zagueiro Andrea Barzagli. “Não estamos preocupados e treinaremos normalmente (na sexta), […]

Arquivo Publicado em 12/06/2014, às 17h21

None
1818358297.jpg

O mau estado do gramado da Arena Amazônia, documentado em fotos divulgadas nestes últimos dias, não preocupa a Itália, que enfrenta a Inglaterra no estádio, no próximo sábado (14). O tema foi abordado tanto pelo chefe da delegação, o ex-jogador Demetrio Albertini, quanto pelo zagueiro Andrea Barzagli.

“Não estamos preocupados e treinaremos normalmente (na sexta), disse Albertini aos jornalistas, na manhã desta quinta-feira (12), durante o treino matinal da seleção, no Portobello Resort, em Mangaratiba.

Albertini disse que enviou “emissários” para Manaus, mas eles estavam presos no aeroporto do Rio de Janeiro, por causa da greve. Em todo caso, ele está tranquilo. “Sabemos que há um pouco de grama em mau estado por causa do calor.”

Barzagli também minimizou o problema, na entrevista que concedeu no início da tarde. “Estamos sabendo que o campo não está em boas condições. Mas confiamos que vai melhorar nos próximos dias.”

O zagueiro, campeão do mundo em 2006, também não está preocupado com as condições climáticas que a seleção enfrentará em Manaus. “O calor vai afetar, mas também vai afetar os ingleses. Nos preparamos bem na Itália. As condições serão difíceis, mas se você quer jogar numa seleção, em Copa, tem que estar preparado para tudo”, disse.

Medo o zagueiro só tem do jogo aéreo da seleção inglesa. “Eles são muito perigosos no jogo aéreo, na bola parada, no escanteio. Temos que evitar. Essa é uma partida que pode ser decidida num detalhe”.

A Itália viaja para Manaus nesta sexta-feira (13) pela manhã, em vôo fretado, que vai partir do aeroporto de Santa Cruz, na zona oeste do Rio. A equipe faz treino no gramado da Arena Amazonas à noite.

Jornal Midiamax