Geral

Santos evita escolher adversário, mas comemora eliminação do Corinthians

O Santos não venceu neste domingo, mas encontrou um motivo para comemorar depois do empate por 3 a 3 com o Rio Claro: o Corinthians, que ficou no 0 a 0 com o Penapolense, foi eliminado do Campeonato Paulista uma rodada antes do término da fase de classificação. “O campeonato perde porque o Corinthians é […]

Arquivo Publicado em 17/03/2014, às 00h57

None

O Santos não venceu neste domingo, mas encontrou um motivo para comemorar depois do empate por 3 a 3 com o Rio Claro: o Corinthians, que ficou no 0 a 0 com o Penapolense, foi eliminado do Campeonato Paulista uma rodada antes do término da fase de classificação.

“O campeonato perde porque o Corinthians é uma potência. É um time que tem uma torcida enorme. Agora, nós, que queremos buscar o título, entendemos que é bom não ter de enfrentar novamente um rival desse nível. Quanto menos times candidatos ao título estiverem na disputa, melhor”, analisou Zinho, gerente de futebol do Santos.

O empate com o Penapolense deixou o Corinthians com 21 pontos. Terceiro colocado do Grupo B e com apenas um jogo pela frente, o time do Parque São Jorge não pode mais alcançar Botafogo (28) ou Ituano (25).

“É um grande que está fora. Isso é bom para todas as equipes que passaram de fase porque a gente sabe da força do Corinthians”, analisou o volante santista Arouca. O time da Vila Belmiro, com 32 pontos, já assegurou o primeiro lugar do Grupo C e está classificado para as quartas de final.

A comemoração do Santos sobre a eliminação do Corinthians, contudo, foi seguida de uma ressalva: o time da Vila Belmiro tenta evitar discussões sobre adversários ideais na sequência do Campeonato Paulista – a equipe já sabe que o rival das quartas de final será a Ponte Preta.

“Independentemente de quem pegaríamos nas semifinais, o objetivo é classificar. Temos de passar pelas quartas de final para depois pensar nisso”, ponderou Arouca.

Com a eliminação precoce do Corinthians, as semifinais do Campeonato Paulista terão ao menos uma equipe do interior. O cruzamento será feito de acordo com as campanhas da primeira fase, e Santos e Palmeiras duelarão no próximo domingo pela melhor campanha dessa etapa.

“Nós temos de escolher jogar bem e vencer as partidas. O que vai acontecer nós não podemos premeditar. Podemos até controlar nosso jogo, mas os nossos adversários nós não conseguimos”, disse o técnico Oswaldo de Oliveira.

Jornal Midiamax