Geral

Rússia suspende envio de combustível nuclear através da Ucrânia

O governo da Rússia suspendeu o envio de combustível nuclear aos países do leste da Europa através do território da Ucrânia, cujas usinas nucleares só têm combustível para março e abril, afirmou nesta quarta-feira o vice-primeiro-ministro russo, Dmktri Rogozin. “Temos problemas para transportar combustível nuclear através do território da Ucrânia aos nossos parceiros do leste […]

Arquivo Publicado em 05/03/2014, às 15h21

None

O governo da Rússia suspendeu o envio de combustível nuclear aos países do leste da Europa através do território da Ucrânia, cujas usinas nucleares só têm combustível para março e abril, afirmou nesta quarta-feira o vice-primeiro-ministro russo, Dmktri Rogozin.


“Temos problemas para transportar combustível nuclear através do território da Ucrânia aos nossos parceiros do leste da Europa. Há problemas relacionados à provisão de combustível nas próprias usinas nucleares da Ucrânia”, assinalou.


Rogozin também anunciou que a agência de energia atômica russa (Rosatom) se dirigirá à Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) para solicitar inspeções extraordinárias que comprovem a segurança no perímetro das usinas nucleares ucranianas.


O número dois do governo russo lembrou que as centrais ucranianas são vigiadas por empresas de segurança privada, tropas do Ministério do Interior e do Serviço de Segurança da Ucrânia (a antiga KGB).


“Do ponto de vista operacional, as usinas nucleares ucranianas funcionam com normalidade”, finalizou Rogozin.

Jornal Midiamax