Geral

Rússia omitiu ao FBI informações sobre suspeito de Boston

O governo russo se recusou a fornecer informações sobre um dos suspeitos do bombardeio na maratona de Boston ao FBI. Segundo relatório de um inspetor-geral, divulgado nesta quinta-feira, a análise teria sido encomendada dois anos antes do atentado que aconteceu no evento no ano passado. Segundo o jornal The New York Times, na época, a […]

Arquivo Publicado em 11/04/2014, às 11h33

None

O governo russo se recusou a fornecer informações sobre um dos suspeitos do bombardeio na maratona de Boston ao FBI. Segundo relatório de um inspetor-geral, divulgado nesta quinta-feira, a análise teria sido encomendada dois anos antes do atentado que aconteceu no evento no ano passado.


Segundo o jornal The New York Times, na época, a Rússia teria dito apenas que Tamerlan Tsarnaev era “um seguidor do islamismo radical e um crente forte”.


No entanto, depois do bombardeio que aconteceu em abril, os russos passaram ao FBI informações relevantes, como uma conversa interceptada entre o suspeito, seu irmão e sua mãe, em que a “guerra santa” islâmica era discutida.


Com essas informações, deputados americanos devem fazer um relatório que analisa como os serviços secretos dos EUA e as forças de segurança poderiam ter evitado o atentado, se tivessem mais informações sobre Tsarnaev.


No episódio, uma bomba foi detonada próximo à linha de chegada da tradicional maratona de Boston, deixando três mortos e centenas de feridos. Os irmãos Tsarnaev foram responsabilizados pela explosão. Tamerlan morreu e seu irmão, Dzhokhar está preso.

Jornal Midiamax