Geral

Romário vê CBF como câncer e diz que Fifa é presidente do país até a Copa

As polêmicas declarações de Romário não têm fim. A cada entrevista o baixinho esconde menos a sua insatisfação principalmente com a Confederação Brasileira de Futebol e com a Fifa. Desta vez o ex-jogador definiu a entidade máxima do futebol mundial como “presidente do Brasil”. Já a CBF é “um câncer”, segundo Romário. Em entrevista ao […]

Arquivo Publicado em 22/03/2014, às 18h25

None

As polêmicas declarações de Romário não têm fim. A cada entrevista o baixinho esconde menos a sua insatisfação principalmente com a Confederação Brasileira de Futebol e com a Fifa. Desta vez o ex-jogador definiu a entidade máxima do futebol mundial como “presidente do Brasil”. Já a CBF é “um câncer”, segundo Romário.


Em entrevista ao Esporte Fantástico, da Rede Record, Romário não poupou palavras polêmicas sobre Fifa. “A Fifa é uma instituição 100% corrupta. Podemos dizer que é presidente do país enquanto não acabar a Copa do Mundo. Tudo o que já foi gasto totalmente fora de controle. Inclusive foi gasto como a Fifa determinou e ainda vem dizer que pode ser uma das piores Copa…”, disse Romário sobre as declarações do secretário geral da Fifa, Jérôme Valcke, de que o Mundial do Brasil poderia ser um dos piores.


Além da Fifa, a CBF também foi atacada durante a entrevista. “Os caras (integrantes da CBF) são o câncer do futebol. Os caras fazem mal direta e indiretamente para o futebol mundial”, definiu.


Ainda sobre a CBF, Romário não acredita que a confederação será capaz de “ajudar” o Bom Senso FC a melhorar o futebol brasileiro.


“Concordo plenamente com o Bom Senso principalmente partir do momento que as ideias e falas são colocadas em prática. Eu já falei pra eles (Bom Senso FC) que a CBF não tomará decisão que não beneficie a CBF. Eles são muito ligados ao dinheiro e não vão tomar mudanças que acarretem em perda financeiramente falando”, opinou.

Jornal Midiamax