Geral

Revista Veja erra e publica Cuiabá como capital do Mato Grosso do Sul

A imprensa nacional mais uma vez errou e colocou Cuiabá como a capital de Mato Grosso do Sul. Na última edição da revista Veja, uma das de maior circulação do país, a capital mato-grossense veio parar aqui. Quando não é Campo Grande que vira Mato Grosso, é o vizinho que se torna do sul. O […]

Arquivo Publicado em 27/08/2014, às 18h59

None
923708499.jpg

A imprensa nacional mais uma vez errou e colocou Cuiabá como a capital de Mato Grosso do Sul. Na última edição da revista Veja, uma das de maior circulação do país, a capital mato-grossense veio parar aqui. Quando não é Campo Grande que vira Mato Grosso, é o vizinho que se torna do sul.

O erro é comum. E apesar de os sul-mato-grossenses se incomodarem, parece que a mídia nacional não aprende.

O tema inclusive já foi debatido em várias câmaras municipais pelo estado e também na Assembleia Legislativa. Na época em que estava no ar a novela Insensato Coração, de Gilberto Braga, os deputados fizeram uma moção de repúdio a Rede Globo de Comunicação por errar o nome do estado.

Em capítulo da trama, a personagem de Fernanda Machado e de Eriberto Leão disseram que Bonito ficava localizado no estado de Mato Grosso. Cartão-postal de Mato Grosso do Sul, os deputados, assim como os sul-mato-grossenses, não gostaram nada do equívoco.

Em outra oportunidade, a mesma emissora confundiu três vezes, em menos de duas semanas, o nome dos estados. Até campanha nas redes sociais surgiu prometendo entregar camisetas para William Bonner e Ana Maria Braga com a frase “Mato Grosso do Sul, Por Favor”.

História

O Mato Grosso do Sul existe desde 1977, quando o Governo Federal decretou a divisão do estado, alegando dificuldade em desenvolver a região diante da grande extensão e diversidade.

Em cerimônia realizada no Palácio do Planalto em 11 de outubro de 1977, com a presença de autoridades de Mato Grosso e de numerosa comitiva de Mato Grosso do Sul, o presidente Ernesto Geisel sancionou a lei complementar que criava um novo Estado.

E em 1° de janeiro de 1979, em sessão solene, o presidente Geisel e seus ministros instalam oficialmente o governo de Mato Grosso do Sul, com a posse do governador Harim Amorim Costa.

Jornal Midiamax