A Prefeitura de Campo Grande informou que deve divulgar nesta sexta-feira (25) o resultado das sindicâncias abertas para apurar possível abuso na reocupação do prédio municipal quando o ex-prefeito Alcides Bernal (PP) retomou a administração por menos de um dia com uma liminar judicial, em 15 de maio deste ano.

As inúmeras sindicâncias instauradas apuram desde troca de fechaduras até computadores que teriam sido levados pelos apoiadores do prefeito cassado. De acordo com a Semad (Secretaria Municipal de Administração), a equipe está trabalhando para que o resultado das sindicâncias seja revelado amanhã.

Dentre as provas relacionadas estão mais de mil documentos, que variam de fotos, matérias, depoimentos de servidores e vídeos gravados no dia da invasão ao Paço Municipal.

A polícia civil também faz investigações sobre o caso. Porém, o delegado responsável pelos procedimentos, Fabiano Nagata, está de férias até o fim do mês.

Após a conclusão das sindicâncias, o material poderá ser encaminhado ao Ministério Público de Mato Grosso do Sul e para a polícia.