Geral

Reservista da Marinha ofereceu ‘trintão’ para menina de 11 anos esconder estupro

A menina de 11 anos que supostamente foi abusada por oficial de reserva da Marinha de 69 anos em Corumbá declarou, em depoimento à polícia, que o idoso tentou suborná-la para que ela não contasse a ninguém sobre o ocorrido. Segundo a delegada Ana Paula Ferreira, responsável pelo caso, foram encontrados trinta reais no bolso […]

Arquivo Publicado em 30/05/2014, às 14h06

None

A menina de 11 anos que supostamente foi abusada por oficial de reserva da Marinha de 69 anos em Corumbá declarou, em depoimento à polícia, que o idoso tentou suborná-la para que ela não contasse a ninguém sobre o ocorrido.

Segundo a delegada Ana Paula Ferreira, responsável pelo caso, foram encontrados trinta reais no bolso do militar, justamente a quantia que, segundo a menina, lhe foi oferecida para mantê-la em silêncio.

O caso

O reservista foi flagrado pela Polícia Militar saindo de motel com a criança deitada no banco traseiro do carro na manhã de terça-feira (27), após denuncia anônima.

Eles foram levados para a Delegacia de Atendimento a Infância, Juventude e Idoso (Daiji) e foram interrogados. A vítima diz que foi abusada e o criminoso negou a acusação e foi encaminhado para a Marinha, onde ficará à disposição da Justiça.

O militar da reserva tem passagem por atentado ao pudor, registrada em 2003 e mandado de prisão definitivo em aberto. Além do cumprimento do mandado em aberto, a delegada também representou a prisão preventiva pelo caso atual. As investigações seguem em andamento.

Jornal Midiamax