Geral

Reinaldo nega que tenha votado contra Programa Mais Médicos do governo federal

O candidato ao governo de Mato Grosso do Sul pelo PSDB Reinaldo Azambuja negou que tenha votado contra o programa do governo federal Mais Médicos. Segundo alegação de sua assessoria jurídica, uma representação foi feita nesta quarta-feira (27) contra o candidato Nelson Trad Filho (PMDB), que teria mentido ao afirmar que o candidato votou contra. […]

Arquivo Publicado em 28/08/2014, às 14h06

None

O candidato ao governo de Mato Grosso do Sul pelo PSDB Reinaldo Azambuja negou que tenha votado contra o programa do governo federal Mais Médicos. Segundo alegação de sua assessoria jurídica, uma representação foi feita nesta quarta-feira (27) contra o candidato Nelson Trad Filho (PMDB), que teria mentido ao afirmar que o candidato votou contra.


Reinaldo alega que a votação do programa foi feita de maneira simbólica na Câmara dos deputados e que, por isso, votou em bloco junto com o partido a favor da medida provisória.


Em consulta no site da Câmara, é possível ver que há somente os resultados de votação de duas emendas propostas e que o projeto foi aprovado em votação simbólica, ou seja, não há uma lista com votação nominal dos candidatos.


Segundo a assessoria jurídica de Reinaldo, foi votado um destaque, do art. 6º, que não tem nada a ver com o programa Mais Médicos em si.


“Nesta votação, que foi nominal, o candidato Reinaldo Azambuja votou contra, seguindo orientação de seu partido PSDB. Informamos ainda que também foram ajuizadas outras duas representações pedindo direito de resposta contra os mesmos representados, uma em relação ao programa divulgado na televisão no dia 25/08 e outra contra o programa do rádio do dia 27/08”, diz a nota.


Mesmo assim, a assessoria de comunicação do candidato Nelsinho Trad nega o erro da campanha do candidato. A alegação é de que existe uma obstrução e um voto contrário feitos à medida provisória e não às suas emendas.

Jornal Midiamax