Geral

Real Madrid quer esconder números da contratação de Bale

Depois do Barcelona ser praticamente obrigado a mostrar publicamente os contratos de Neymar, pode acontecer algo parecido com o Real Madrid em relação a Bale. De acordo com o jornal “La Vanguardia”, o mesmo que antecipou que Sandro Rosell iria renunciar à presidência do clube catalão, os Merengues impuseram ao Tottenham que os números sejam […]

Arquivo Publicado em 29/01/2014, às 13h47

None

Depois do Barcelona ser praticamente obrigado a mostrar publicamente os contratos de Neymar, pode acontecer algo parecido com o Real Madrid em relação a Bale. De acordo com o jornal “La Vanguardia”, o mesmo que antecipou que Sandro Rosell iria renunciar à presidência do clube catalão, os Merengues impuseram ao Tottenham que os números sejam confidenciais.

Desde que Bale saiu dos Spurs e chegou ao Real Madrid, não houve ainda um número que “convencesse” tanto a imprensa espanhola. Os números oficiais são que o galês tenha chegado por 91 milhões de euros (R$ 301 milhões), e que o jogador leve 6 milhões de euros (R$ 19,8 milhões) por temporada. Porém, o seu empresário, Jonathan Barnett, já insinuou que o jogador receba praticamente o dobro deste valor.

Na Inglaterra, os veículos garantem que Bale tenha custado 86 milhões de libras, equivalentes a 101 milhões de euros (R$ 334,8 milhões). E no país, é normal que os clubes publiquem detalhadamente todos os seus números, principalmente os que têm ações na bolsa. O que não é o caso do Tottenham, e assim, o Real exige a confidencialidade.

De acordo com o “La Vanguardía”, o Real Madrid não quer que Bale seja visto como o mais caro da história, mas sim Cristiano Ronaldo, que custou 96 milhões de euros (R$ 318,2 milhões). De qualquer forma, seja por “capricho” ou não, existiriam 10 milhões de euros (R$ 33,1 milhões) não declarados.

Jornal Midiamax