Geral

Real Madrid ofereceu 81 milhões de euros por Lewandowski, diz revista

O Real Madrid tentou contratar o atacante polonês Robert Lewandowski por 81 milhões de euros, diz neste domingo a revista alemã “Der Spiegel”, mas levou a pior na disputa com o Bayern de Munique pelo jogador. Segundo a publicação, o presidente do Real, Florentino Pérez, encarregou em dezembro ao advogado britânico Colin Pomford a tarefa […]

Arquivo Publicado em 05/01/2014, às 15h40

None

O Real Madrid tentou contratar o atacante polonês Robert Lewandowski por 81 milhões de euros, diz neste domingo a revista alemã “Der Spiegel”, mas levou a pior na disputa com o Bayern de Munique pelo jogador.


Segundo a publicação, o presidente do Real, Florentino Pérez, encarregou em dezembro ao advogado britânico Colin Pomford a tarefa de conseguir contratar o polonês, autor de quatro gols justamente contra a equipe espanhola na semifinal da Liga dos Campeões no ano passado, quando defendia o Borussia Dortmund.


O advogado é especialista neste tipo de operações e ofereceu ao cobiçado atacante um contrato válido por seis anos, com um salário anual de 9,5 milhões de euros e outros 10 milhões de luvas, com os intermediários levando 14 milhões.


Lewandowski teria então que assinar um tipo de pré-contrato que teria deixado fora de jogo o clube bávaro, mas aí interveio pessoalmente o presidente do Bayern, Uli Hoeness, que aparentemente se inteirou da operação e a considerou uma “declaração de guerra”.


A cúpula do Bayern avisou o Dortmund de que aquela era uma “oferta imoral” de Florentino – Lewandowski não estava liberado para assinar um contrato até 1º de janeiro – e por fim o atacante acabou assinando o contrato que ontem foi anunciado com o campeão alemão, da Liga dos Campeões e mundial.


O Bayern de Munique anunciou ontem, após uma das negociações mais longas da Bundesliga, a contratação de Lewandowski a partir da próxima temporada, por cinco anos.


A “Der Spiegel” estima o volume global da contratação – incluindo o salário anual do jogador e comissões de intermediários – em 90 milhões de euros.

Jornal Midiamax