Geral

Rachel Sheherazade retorna ao SBT, mas tem comentários pessoais vetados

Com o retorno de Rachel Sheherazade a bancada do SBT Brasil nesta segunda-feira (14), o SBT enviou um comunicado à imprensa informando que os comentários dos telejornais serão feitos pela equipe de jornalismo em forma de editorial, isentando assim seus âncoras de exporem suas opiniões. No dia 4 de fevereiro, Rachel se envolveu em uma […]

Arquivo Publicado em 14/04/2014, às 21h00

None


No dia 4 de fevereiro, Rachel se envolveu em uma polêmica, ao apoiar o ato de três moradores do Flamengo, no Rio de Janeiro, que torturaram e prenderam um suposto ladrão de 16 anos a um poste.

Pressionado por comissões parlamentares e pela ameaça de perder mais de R$ 150 milhões em verbas publicitárias governamentais, o SBT decidiu retirar temporariamente a âncora e comentarista Rachel Sheherazade do ar, conforme noticiou o colunista do UOL, Ricardo Feltrin. O SBT também está sob investigação pela Procuradoria Geral da República, por suposta apologia ao crime.

Leia o comunicado na íntegra:

“Em razão do atual cenário criado recentemente em torno de nossa apresentadora Rachel Sheherazade, o SBT decidiu que os comentários em seus telejornais serão feitos unicamente pelo jornalismo da emissora em forma de editorial.

Essa medida tem como objetivo preservar nossos apresentadores Rachel Sheherazade e Joseval Peixoto, que continuam no comando do SBT Brasil.”



Jornal Midiamax