Geral

PSTU referenda candidatura de Monje ao governo e vai de chapa pura nestas eleições

A direção do PSTU em Mato Grosso do Sul está reunida, na tarde deste domingo (22), para referendar a candidatura do corumbaense Marco Antonio Oliva Monje, o Professor Monje, ao governo do Estado nas próximas eleições. Segundo a presidente regional da legenda, Clea Montezano, a definição pela candidatura própria saiu em janeiro deste ano. O PSTU […]

Arquivo Publicado em 22/06/2014, às 18h12

None
1402169426.jpg

A direção do PSTU em Mato Grosso do Sul está reunida, na tarde deste domingo (22), para referendar a candidatura do corumbaense Marco Antonio Oliva Monje, o Professor Monje, ao governo do Estado nas próximas eleições.

Segundo a presidente regional da legenda, Clea Montezano, a definição pela candidatura própria saiu em janeiro deste ano. O PSTU também estudava não lançar candidatura e fazer campanha pelo voto nulo, além de apresentar candidatos em uma aliança com o PSOL.

No entanto, divergências sobre o financiamento de campanha – o PSTU não aceita doações de ONGs ou empresários – emperraram o projeto, resultando no projeto da candidatura própria.

Agora, falta o PSTU definir a composição da chapa pura, na qual devem constar Suél Ferranti, que já disputou cargos majoritários pelo partido, e Valdemir Cassimiro.



Jornal Midiamax