PSB nacional não vai se posicionar ainda sobre condução do processo eleitoral

Roberto Amaral, que assumiu direção nacional do PSB, informou que o partido dará continuidade ao processo eleitoral, quando julgar oportuno.
| 14/08/2014
- 21:47
PSB nacional não vai se posicionar ainda sobre condução do processo eleitoral

Roberto Amaral, que assumiu direção nacional do PSB, informou que o partido dará continuidade ao processo eleitoral, quando julgar oportuno.

O executivo nacional do PSB divulgou nota oficial nesta quinta-feira (14) em que informa que não vai se posicionar, por enquanto, sobre a condução do processo político-eleitoral, após a morte de Eduardo Campos, presidente do partido e candidato à Presidência. Campos estava na aeronave Cessna 560 XL, prefixo PR-AFA, que decolou do Rio de Janeiro e seguia para Guarujá, quando caiu em Santos, no litoral paulista, nessa quarta-feira (13).

Roberto Amaral, que assumiu a direção nacional da legenda, afirmou por meio de comunicado oficial que o PSB está de luto pela morte de Eduardo Campos. “Recolhe-se, neste momento, irmanado com os sentimentos dos seus militantes e da sociedade brasileira”, disse Amaral, que destacou que o PSB, agora, cuida das homenagens aos seis mortos.

Sobre a substituição de Eduardo Campos, Amaral informou que o partido dará continuidade ao processo eleitoral quando julgar oportuno.

Veja também

Fenômeno foi constatado na galáxia Grande Nuvem de Magalhães

Últimas notícias