Geral

Projeto desperta consciência ambiental em crianças de Miranda

Com o objetivo de promover a conscientização em crianças de escolas próximas à ferrovia, o Instituto ALL de Educação e Cultura realiza, nesta semana, mais uma edição do projeto Vagão Ambiental, desta vez no município de Miranda. O Vagão está estacionado na Estação Ferroviária da cidade e permanecerá no local até sexta-feira (8). Em Mato […]

Arquivo Publicado em 07/08/2014, às 18h50

None
848072890.jpg

Com o objetivo de promover a conscientização em crianças de escolas próximas à ferrovia, o Instituto ALL de Educação e Cultura realiza, nesta semana, mais uma edição do projeto Vagão Ambiental, desta vez no município de Miranda. O Vagão está estacionado na Estação Ferroviária da cidade e permanecerá no local até sexta-feira (8). Em Mato Grosso do Sul, a ação já passou por Corumbá e deve percorrer cidades como Chapadão do Sul, Aquidauana e Água Clara até o fim do ano.

Desenvolvido a partir de um vagão de passageiros, especialmente adaptado, o projeto traz para os jovens estudantes a oportunidade de realizar, de forma criativa, atividades ambientais. A proposta do Instituto ALL é falar sobre a preservação ambiental para atrair o interesse e despertar a consciência ecológica dos participantes, além de plantar a noção de sustentabilidade nas comunidades próximas à linha do trem, por isso, o Vagão foi transformado em um espaço multimídia para projeção de vídeos e palestras, além de contar com estrutura para jogos educativos preparados exclusivamente para o projeto, com a finalidade de fixar o conteúdo desenvolvido.

Noções de segurança na linha férrea e reciclagem completam os conteúdos ministrados pelos instrutores do projeto. “Através de uma linguagem lúdica e divertida, o Vagão Ambiental é uma ótima oportunidade para as crianças aprenderem sobre preservação e cuidados com o meio ambiente. A experiência única de estar dentro de um vagão cria a atmosfera ideal para um aprendizado permanente, que os pequenos disseminam em sua escola e comunidade”, ressalta Jaqueline Cordeiro, coordenadora do projeto.

O projeto recebe escolas das 9 horas às 11horas e das 14horas às 16horas. O vagão estará estacionado na Estação Ferroviária de Miranda, localizada na Rua Firmo Dutra, S/N, Centro.

Jornal Midiamax