Geral

Professores de Ribas do Rio Pardo protestam após prefeito descumprir acordo

Professores da rede municipal de ensino de Ribas do Rio Pardo (MS) paralisaram as atividades na última terça-feira (9). Segundo nota publicada na Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul), o Simted (Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação) cobre reajuste salarial da categoria. De acordo com a nota, o impasse entre […]

Arquivo Publicado em 12/09/2014, às 15h00

None

Professores da rede municipal de ensino de Ribas do Rio Pardo (MS) paralisaram as atividades na última terça-feira (9). Segundo nota publicada na Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul), o Simted (Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação) cobre reajuste salarial da categoria.

De acordo com a nota, o impasse entre poder público municipal e os professores começou após o não cumprimento de promessa, feita em campanha eleitoral, pelo prefeito José Domingues Ramos (PSDB), de equiparar o salário do município com o do Estado.

Atualmente, os professores da rede municipal recebem R$ 1.924,94 e servidores estaduais R$ 2.356,27, para 40 horas semanais. Ainda segundo a nota, a presidente do Simted, Regina Pereira Lemos afirmou que, em 18 meses de administração a prefeitura não se prontificou a negociar uma proposta plausível para os profissionais da educação.

Em nota, a Prefeitura disse que considera a greve ‘precipitada’ em uma negociação que, segundo a administração, está em andamento, com reuniões entre o prefeito e diretores do sindicato e da Fetems.

Além disso, o município argumenta que, desde a data em que foi anunciada a equiparação até o dia da paralisação dos professores, o governo do Estado reajustou o salário da rede estadual, fator que dificultaria uma equiparação já, como os servidores pedem.

O Midiamax não conseguiu entrar em contato com o Simted e Prefeitura até o fechamento desta publicação.

Jornal Midiamax