Geral

Principal líder religioso xiita iraquiano chama a combater os jihadistas

O aiatolá Ali Al-Sistani, a principal autoridade religiosa xiita no Iraque, pediu nesta sexta-feira a todos a pegar em armas contra os jihadistas que conquistaram nos últimos dias territórios no norte e no leste do país, indicou sua porta-voz. “Os cidadãos que podem portar armas e combater os terroristas para defender seu país, seu povo […]

Arquivo Publicado em 13/06/2014, às 13h39

None
1257687620.jpg

O aiatolá Ali Al-Sistani, a principal autoridade religiosa xiita no Iraque, pediu nesta sexta-feira a todos a pegar em armas contra os jihadistas que conquistaram nos últimos dias territórios no norte e no leste do país, indicou sua porta-voz.


“Os cidadãos que podem portar armas e combater os terroristas para defender seu país, seu povo e seus locais sagrados, devem ser voluntários e se juntar às forças de segurança para realizar esse objetivo sagrado”, declarou em seu sermão semanal o xeque Abdel Mahdi al-Karbalai, nome do aiatolá Sistani.


Segundo ele, “o Iraque enfrenta um grande desafio e um perigo sem precedentes. Os terroristas não querem controlar apenas algumas províncias, eles anunciaram que vão tomar todas as províncias, incluindo Bagdá, Karbala e Najaf. Daí a responsabilidade de enfrentá-los e lutar contra eles”.


“Aquele que morre em serviço da defesa da pátria, de sua família e sua honra, será considerado um mártir”, acrescentou em uma mesquita na cidade sagrada xiita de Karbala, ao sul de Bagdá.


O aiatolá Sistani não costuma opinar em questões políticas, mas, adorado por milhões de devotos, é extremamente influente.


À frente do Marja’iya, a mais alta autoridade religiosa xiita no Iraque, ele é mais respeitada do que a maioria dos políticos de sua confissão.


Em uma gravação de áudio na quarta-feira, um dos líderes do EIIL, Abu Mohammed al-Adnani, convocou os rebeldes a “marchar em Bagdá” e as cidades xiitas sagradas de Karbala e Najaf.

Jornal Midiamax