Geral

Preta Gil: “Sou negra com orgulho, não sou macaca”

Na madrugada desta terça-feira (29), Preta Gil usou seu perfil no Facebook para fazer um desabafo. A cantora deixou claro que não concorda com a campanha ‘Somos Todos Macacos’, promovida contra o racismo nas redes sociais. O movimento teve início após o jogador do Barcelona Daniel Alves ter decidido comer a banana que torcedores jogaram […]

Arquivo Publicado em 29/04/2014, às 19h00

None
1018663792.jpg

Na madrugada desta terça-feira (29), Preta Gil usou seu perfil no Facebook para fazer um desabafo.

A cantora deixou claro que não concorda com a campanha ‘Somos Todos Macacos’, promovida contra o racismo nas redes sociais. O movimento teve início após o jogador do Barcelona Daniel Alves ter decidido comer a banana que torcedores jogaram sobre ele no campo, sob gritos de ‘macaco’, durante jogo de sua equipe contra o Villarreal, na Espanha, no último domingo (27).

‘Hoje, li no Facebook opiniões diversas sobre o caso do DG [dançarino do programa ‘Esquenta!’ morto no Rio de Janeiro] e o movimento da banana. Com poucas concordei e muitas me assustaram. Muito preconceito, racismo e ignorância mascarados e justificados como opinião’, destacou.

A filha de Gilberto Gil, em seguida, elogiou a postura do jogador dentro de campo, mas fez questão de se mostrar contrária às manifestações.

‘Fiquei orgulhosa com a atitude do Daniel Alves. Ele deu uma banana para o preconceito e mostrou que de macaco não tem nada. Ele foi muito humano. Estou vendo o movimento da banana e respeito quem aderiu, pois tenho certeza que foi de coração. Mas não sou macaca, eu tenho minha própria opinião. Sou negra com muito orgulho! Racismo é crime, cadeia neles.’

Jornal Midiamax