Geral

Presidente da Câmara encontra secretárias em feira livre que tentam intimidá-lo

O presidente da Câmara Municipal de Campo Grande, vereador Mario Cesar (PMDB), encontrou as secretárias que distribuiram panfletos a favor do prefeito Alcides Bernal (PP) na feira livre do Guanandi, na manhã deste domingo (09). Segundo ele, uma delas ainda tentou intimidá-lo. “Deus sabe o que está sendo feito”, afirmou uma secretária. Mario Cesar disse […]

Arquivo Publicado em 09/03/2014, às 15h28

None

O presidente da Câmara Municipal de Campo Grande, vereador Mario Cesar (PMDB), encontrou as secretárias que distribuiram panfletos a favor do prefeito Alcides Bernal (PP) na feira livre do Guanandi, na manhã deste domingo (09). Segundo ele, uma delas ainda tentou intimidá-lo. “Deus sabe o que está sendo feito”, afirmou uma secretária.


Mario Cesar disse que o encontro foi uma coincidência. Ele foi até o local para também distribuir um panfleto informativo sobre sua lei que regulamenta a feira livre. Ele estava acompanhado de integrantes do Clube dos Feirantes e do Sindicato dos Feirantes que preferiram suspender a ação deles.


Participaram da distribuição as secretárias da Agência de Regulação dos Serviços Públicos Delegados de Campo Grande (Agereg), Ritva Vieira, e da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Turismo e Agronegócio (Sedesc), Dharleng Campos de Oliveira, e da Secretaria Pública das Mulheres, Jacqueline Hildebrandro Romero.


O panfleto enumerava algumas iniciativas do prefeito no primeiro ano a frente da administração municipal na tentativa de convencer a população de que a cassação do seu mandato seria uma injustiça.


O Projeto de Lei nº 7.551/13 foi aprovado, no dia 6 de fevereiro deste ano, em segunda discussão e votação e segue agora para sanção do prefeito de Campo Grande.


A lei propõe a criação do Conselho Municipal das Feiras Livres que será composto de nove titulares e igual número de suplentes, observada a representatividade da Administração Municipal, das entidades classistas e da sociedade civil organizada.


Segundo a proposta, o mandato dos conselheiros componentes do Conselho Municipal das Feiras Livres será de dois anos, sendo permitida a recondução e os membros seus mandatos gratuitamente (voluntariamente), sendo esta atividade de caráter relevante para o serviço público.

Jornal Midiamax