Presa depois de ser flagrada malhando, ‘Xerifa’ continua em cela da PF em Campo Grande

A mulher do traficante Antonio Francisco Bonfim Lopes, o “Nem da Rocinha”, Danúbia de Souza Rangel, conhecida como ‘Xerifa’, permanece presa na superintendência da Polícia Federal, em Campo Grande. Ela estava na Capital após conseguir na Justiça o direito de cumprir prisão domiciliar no dia 10 de julho. Já na última sexta-feira (1º) ela foi presa […]
| 04/08/2014
- 21:13
Presa depois de ser flagrada malhando, ‘Xerifa’ continua em cela da PF em Campo Grande

A mulher do traficante Antonio Francisco Bonfim Lopes, o “Nem da Rocinha”, Danúbia de Souza Rangel, conhecida como ‘Xerifa’, permanece presa na superintendência da Polícia Federal, em Campo Grande. Ela estava na Capital após conseguir na Justiça o direito de cumprir prisão domiciliar no dia 10 de julho. Já na última sexta-feira (1º) ela foi presa novamente, em cumprimento de dois mandados de prisão.

De acordo com a assessoria de comunicação da Polícia Federal, a prisão já é de conhecimento da Justiça do Rio de Janeiro e agora, estão sendo feitos os ajustes sobre a data e a hora da transferência de Danúbia para o para o Complexo de Bangu, no Rio de Janeiro. A princípio, a transferência não deve ocorrer nesta segunda-feira (4).

Prisão

Danúbia foi presa por agentes da Polícia Federal em cumprimento de dois mandados de prisão preventiva por tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Os mandados foram expedidos na última semana, depois que desembargadores da 7ª Câmara Criminal foram contrários à decisão do desembargador Siro Darlan, que concedeu prisão domiciliar à mulher nos dois processos que ela responde.

A decisão de Darlan determinava que Danúbia deveria ser monitorada por equipamento eletrônico depois que deixar a prisão, porém, o Estado Não tinha o equipamento eletrônico.

Já na semana passada, desembargadores da 7ª Câmara Criminal foram contrários à decisão do desembargador de Darlan e decidiram pela volta de Danúbia ao Complexo de Bangu.

Últimas notícias