Geral

Prefeitura reajusta em 25% valor de locação de software e passa a pagar R$ 2,1 milhões

A prefeitura de Campo Grande, através da Secretaria Municipal de Saúde, aumentou o valor da locação de um software de gestão de imagens médicas e passará a pagar R$ 2.142.045,00 pelo serviço. O termo aditivo foi publicado nesta sexta-feira (7) no Diário Oficial de Campo Grande. Esse é o segundo termo aditivo ao contrato n. […]

Arquivo Publicado em 07/03/2014, às 15h35

None

A prefeitura de Campo Grande, através da Secretaria Municipal de Saúde, aumentou o valor da locação de um software de gestão de imagens médicas e passará a pagar R$ 2.142.045,00 pelo serviço. O termo aditivo foi publicado nesta sexta-feira (7) no Diário Oficial de Campo Grande.


Esse é o segundo termo aditivo ao contrato n. 320, de 15 de outubro de 2012 com a empresa HBR Medical Equipamentos Hospitalares. Por mês eram repassados R$ 142.803,00 para a empresa e agora o valor aumentará para R$ 178.503,75. 


Na prorrogação, não há explicação para o aumento de 25%. O serviço inclui locação do software, incluindo infraestrutura de informática, bem como assistência técnica com reposição de peças nos equipamentos fornecidos, para atender a rede municipal de saúde, através do Instituto Municipal de Tecnologia da Informação – IMTI.


Assinam pelo aumento Ivandro Corrêa Fonseca, Luiz Alberto de Oliveira Azevedo e Rodolfo Pinheiro Holsback.

Jornal Midiamax