Geral

Prefeitura promete entregar casas populares atrasadas

Seis mil moradias populares prontas ainda não foram entregues por excesso de burocracia

Arquivo Publicado em 26/03/2014, às 11h01

None

Seis mil moradias populares prontas ainda não foram entregues por excesso de burocracia

A prefeitura promete acelerar a entrega das casas populares do programa “Habite-se”. São seis mil moradias prontas com um atraso de até um ano na entrega.

Famílias do Bairro Tijuca, inscritas no Emha (Agência Municipal de Habitação), aguardam a mais de seis meses a liberação das casas do residencial Leonel Brizola 2. As entregas marcadas para setembro e dezembro de 2013, foram adiadas, mesmo com as redes de abastecimento de água e o fornecimento de energia elétrica prontos. A única pendência é a pavimentação da rua de acesso, responsabilidade do município.

Parte das 272 moradias do residencial Leonel Brizola 1 e 2, destinadas ao programa Minha Casa Minha Vida, serão para famílias da favela “Cidade de Deus”, localizada na região do lixão.

Segundo o secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano, Cézar Antônio Gonçalves Afonso, o atraso nas entregas aconteceu em virtude da burocracia e afirmou que a Semadur fará o encaminhamento, o mais rápido possível, para entrega das casas que já estão prontas e também para a construção de novas.

Jornal Midiamax