Geral

Prefeitura estuda permutar área do Exército para construção de Hospital Municipal

A Prefeitura de Campo Grande estuda permutar uma área com o Exército para construir o Hospital Municipal. “A necessidade é urgente, a falta de leitos é uma realidade, a falta de centro cirúrgico, gente na fila”, resume o prefeito, Gilmar Olarte, que promete ir a Brasília (DF) na próxima semana tratar do assunto. Segundo ele, o […]

Arquivo Publicado em 25/06/2014, às 16h20

None

A Prefeitura de Campo Grande estuda permutar uma área com o Exército para construir o Hospital Municipal. “A necessidade é urgente, a falta de leitos é uma realidade, a falta de centro cirúrgico, gente na fila”, resume o prefeito, Gilmar Olarte, que promete ir a Brasília (DF) na próxima semana tratar do assunto.

Segundo ele, o projeto é para construir um hospital com “200 e tantos” leitos. A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) foi designada a fazer um estudo sobre a nova unidade hospitalar. “Estamos pedindo celeridade de turno em turno”, detalhando que a área para permuta fica na região “acima da (Avenida) Tamandaré”.

Olarte, durante agenda pública na manhã desta quarta-feira (25), comentou também sobre o avanço na ideia de arrendar o Hospital Sírio-Libanês, na Avenida Afonso Pena. O local deverá ser transformado em um centro municipal de pediatria.

A proposta de arrendamento já foi aceita pelo proprietário do hospital, disse Olarte. Na visão do prefeito, a ideia do arrendamento é “uma resposta” a um dos maiores problemas da saúde pública na Capital, a falta de pediatra em postos de saúde.



Jornal Midiamax