Geral

Por falta de quórum, Câmara deixa de votar projetos e vetos nesta quinta-feira

Com apenas 10 dos 29 vereadores em plenário, a Câmara Municipal de Campo Grande não votou nenhum projeto ou veto na sessão desta quinta-feira (5). Mais da metade dos parlamentares municipais são pré-candidatos nas eleições deste ano e estão em campanha. A pauta de votação previa a votação de dois vetos totais do Poder Executivo: […]

Arquivo Publicado em 05/06/2014, às 15h06

None
1880485820.jpg

Com apenas 10 dos 29 vereadores em plenário, a Câmara Municipal de Campo Grande não votou nenhum projeto ou veto na sessão desta quinta-feira (5). Mais da metade dos parlamentares municipais são pré-candidatos nas eleições deste ano e estão em campanha.


A pauta de votação previa a votação de dois vetos totais do Poder Executivo: ao Projeto de Lei n° 7.566/13, que autorizava o Poder Executivo a criar a Secretaria Municipal de Ação Social Comunitária, e ao Projeto de Lei Complementar n° 351/13, obrigando os cartórios a atender os usuários dos seus serviços em tempo razoável.


Durante o grande expediente, quando são votados os projetos, estavam presentes os vereadores Mario Cesar (PMDB), Flávio César (PTdoB), Otávio Trad (PTdoB), Zeca do PT, Thais Helena (PT), Cazuza (PP), Loester Nunes (PMDB), Chiquinho Telles (PSD), Luiza Ribeiro (PPS) e Grazielle Machado (PR).


Entre as ausências justificadas está a do líder do prefeito, vereador João Rocha (PSDB) que está acompanhando a mulher, que faz um tratamento de saúde contra câncer.




Jornal Midiamax