Geral

Por aliança com PT, PSDB de MS terá de se justificar para nacional até 30 de março

Em Mato Grosso do Sul, a união entre os rivais nacionais PSDB e PT não foi descartada. Se os tucanos insistirem em brigar por esta parceria, terão de se justificar para a nacional até o dia 30 de março, conforme está definido na resolução do partido. Segundo o Art. 4º da resolução, “a Comissão Executiva […]

Arquivo Publicado em 13/02/2014, às 11h36

None

Em Mato Grosso do Sul, a união entre os rivais nacionais PSDB e PT não foi descartada. Se os tucanos insistirem em brigar por esta parceria, terão de se justificar para a nacional até o dia 30 de março, conforme está definido na resolução do partido.


Segundo o Art. 4º da resolução, “a Comissão Executiva Estadual ou a Comissão Provisória Estadual encaminha, obrigatoriamente, à Comissão Executiva Nacional, até o dia 30 de março de 2014, análise da conjuntura política no estado e situação das potenciais alianças com outros partidos e candidatos às eleições majoritária e proporcional”.


O partido ainda não decidiu sobre a aliança com o rival, mas desde que iniciou seu projeto “Pensando MS”, no segundo semestre do ano passado, o pré-candidato do PT, senador Delcídio do Amaral, tem acompanhado os encontros regionais tucanos.


Apesar da data de 30 de março, os encontros regionais acontecerão até maio e o último será em Campo Grande para selar o programa cujo objetivo foi ouvir a população e seus principais anseios.

Jornal Midiamax