Geral

População reclama da escuridão que atinge a Rua Rui Barbosa, no centro de Campo Grande

Comerciantes e populares que transitam pela Rua Rui Barbosa, em Campo Grande, entre a Rua 15 de Novembro e Avenida Mato Grosso, reclamam da escuridão que atinge a região. Segundo eles, mesmo à noite, muita gente transita pelo local, em virtude da grande quantidade de pontos de ônibus que existem por lá. De acordo com […]

Arquivo Publicado em 12/09/2014, às 12h42

None

Comerciantes e populares que transitam pela Rua Rui Barbosa, em Campo Grande, entre a Rua 15 de Novembro e Avenida Mato Grosso, reclamam da escuridão que atinge a região. Segundo eles, mesmo à noite, muita gente transita pelo local, em virtude da grande quantidade de pontos de ônibus que existem por lá.

De acordo com o trabalhador autônomo, Gilson Ferreira, a Prefeitura e a Enersul (Empresa Energética de Mato Grosso do Sul) já foram avisadas, porém, passados mais de 30 dias, ainda não resolveram o problema.

“Passo todas as noites por lá e chega a dar medo porque é muito escuro. Só eu já telefonei três vezes para Enersul e para a Prefeitura, mas até agora nada de luz”, ressalta.

Já um comerciante que prefere não se identificar afirma que não entende porque uma das principais vias de Campo Grande tem uma iluminação tão precária. “Isso é porque está na área central cidade. Imagina se fosse nos bairros distantes”, diz.

Mesmo sabendo que os denunciantes já telefonaram para que a escuridão fosse resolvida, a assessoria de imprensa da Prefeitura da Capital, disse que as pessoas prejudicadas podem pedir a reposição das lâmpadas para a Seintrha (Secretaria Municipal de Infraestrutura). O número de contato é: 3314-3675.

Já a Enersul informou que a responsabilidade das trocas de lâmpadas queimadas é da Prefeitura. A Enersul realiza a manutenção de poda das árvores quando estas começam a afetar a rede elétrica. O telefone de contato da Enersul é: 0800 722 7272.



Jornal Midiamax